06
abr

A pressão arterial acima do normal, conhecida como hipertensão, é um fator de risco para a saúde de muitos brasileiros, atingindo 50% da população acima de 60 anos. Dentre os possíveis problemas que a pressão alta pode causar, podemos citar o AVC (Acidente Vascular Cerebral), conhecido popularmente como derrame, o infarto e a paralisação dos rins.

Manter a pressão arterial dentro dos limites médicos indicados é uma tarefa bastante difícil para alguns pessoas. Mas, a rotina regrada, pode ajudar (e muito!) no controle.

Situações de grande estresse, por exemplo, pode ser um fator externo desencadeante da oscilação de pressão, sem que a pessoa seja hipertensa, você sabia? Então, mantenha sempre a calma!

Abaixo, deixamos algumas dicas que poderão te auxiliar no controle da pressão arterial.

1 – Emagrecer e controlar o peso: manter o peso ideal para sua estatura, para sua idade é, sem dúvida, fundamental para que a saúde do corpo esteja sempre em dia! O sobrepeso gera uma carga maior de trabalho no coração, deixando o musculo cardíaco sobrecarregada, com mais propensão a infartos. A obesidade, por exemplo, gera o acumulo de gordura abdominal, favorecendo o aumento da insulina no sangue, retendo, também, mais sódio nos rins, gerando o aumento de pressão arterial.

2 – Praticar atividades físicas 5 vezes por semana: a prática de atividades físicas regulares, como caminhar, correr, andar de bicicleta, ajudam o metabolismo, pois durante a atividade física o corpo libera substâncias que promovem a dilatação dos vasos sanguíneos, reduzindo a pressão. Vale ressaltar que, nenhuma atividade física deve ser realizada sem orientação e supervisão de profissionais qualificados, pois devem ser orientadas de acordo com sua idade, seus limites e sua condição física.

3 – Reduzir o consumo de sal: a ingestão de sal sem limites, pode gerar problemas de retenção de líquidos e a hipertensão. A quantidade de sal ideal para ingestão diária é de 5 gramas e, em geral, os brasileiros consomem o dobro! Opte por condimentos naturais como alho, salsinha, manjericão e outras ervas que possam somar sabor e qualidade de vida ao seu prato! Evite, também, alimentos industrializados que podem chegar a ter 70% mais sódio em sua composição.

4 – Investir em alimentos ricos em potássio e magnésio: o potássio é um mineral que estimula a eliminação do sódio pelo organismo, ajudando a prevenir a retenção de líquidos e a elevação da pressão arterial. É encontrado em abacate, banana, abóbora, leite e iogurte desnatado, além de lentilha e ervilha. O magnésio, por sua vez, promove a dilatação dos vasos sanguíneos, ajudando no controle da pressão arterial. Esse mineral está presente em nozes, amêndoas, couve, escarola, aveia, cevada e arroz integral.

5 – Ficar longe do cigarro: além de ser porta de entrada para diversos tipos de câncer, promove a contração dos vãos sanguíneos, ajudando no aumento da pressão arterial e nos riscos de um AVC, incluindo os fumantes passivos, ou seja, aqueles que não fumam mas convivem com fumantes.

6 – Ter um sono de qualidade: dormir bem é coadjuvante de uma pressão arterial controlada, você sabia? Isso se dá pela ajuda na normalização dos batimentos cardíacos e a circulação! O ideal é que você durma de 6 a 8 horas diárias e ininterruptas. Pessoas com apneia do sono, devem buscar tratamento. Esta condição gera a liberação de adrenalina no corpo, colaborando para a contração dos vasos e aumentando a pressão arterial.

7 – Seguir orientações profissionais sobre o uso de medicamentos: a ingestão de alimentos sem consentimento médico é um risco para a saúde de todos! Em se tratando de pessoas que já possuem problemas de elevação de pressão arterial, o uso desregrado de medicamentos pode gerar outras complicações. Remédios como anticoncepcionais, anti-inflamatórios e dilatadores nasais podem gerar o aumento de pressão arterial, por exemplo.

8 – Fazer acompanhamento médico: sem dúvida a melhor escolha para a sua qualidade de vida! Realizar os exames de rotina e levando uma vida regrada, ou seja, seguindo as orientações médicas no que se refere a alimentação, atividades físicas, qualidade de vida em geral, trará a você conforto a mais!

Gostou das nossas dicas? Compartilhe este texto com pessoas que possam se interessar pelo assunto ou precisam saber destas informações.

Não esqueça que os parceiros da LifeStars Cuidadores estão sempre à disposição para o cuidado de pacientes com diferentes comorbidades. O acompanhamento de pacientes com hipertensão requer cautela, responsabilidade e parceria com a equipe médica para que todas as atividades da rotina sejam cumpridas com êxito e, desta forma, consigamos manter a pressão arterial do paciente controlada. Quer saber mais sobre os nossos serviços? Entre em contato agora mesmo com nossa central de atendimento.