05
fev

Graças as oportunidades de vida que as pessoas têm tido de alguns anos para cá, o envelhecimento da população está cada dia mais tardio.
Pessoas com idade entre 55 a 65 anos, permanecem mais ativas tanto socialmente, quanto profissionalmente.

A preocupação com uma alimentação mais regrada, a prática de exercícios físicos, os tratamentos estéticos, o cuidado e a prevenção da saúde, tem deixado nossos, até então idosos, cada dia mais joviais.

O Projeto de Lei 5383/19 muda a legislação atual para que as pessoas sejam consideradas idosas a partir dos 65 anos de idade, e não mais 60 anos. O autor do Projeto se pauta no aumento da expectativa de vida que, segundo o IBGE é de 80 anos para as mulheres e 73 anos para os homens.

No que se refere ao atendimento prioritário, idosos com mais idade são prioridade em detrimento aos idosos de menor idade. Se estiverem na fila um idoso de 83 anos, um de 72 e um de 66, seguirá o atendimento partindo do mais velho ao mais novo.

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) a idade que indica que a pessoa é considerada idosa é estabelecida conforme o nível socioeconômico de cada nação.
Logicamente que, o histórico de vida pode influenciar o declínio da saúde, da atuação social e profissional de uma pessoa. As oportunidades que cada um teve ao longo dos anos será um dos fatores para que a pessoa entre na terceira idade mais cedo ou mais tardiamente, assim como, o seu pensamento, o seu emocional, também serão fatores importantes para que a pessoa se sinta ou não mais velha.

Considerando um aspecto global, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica o envelhecimento em quatro estágios:
• Meia-idade: 45 a 59 anos
• Idoso(a): 60 a 74 anos
• Ancião: 75 a 90 anos
• Velhice extrema: 90 anos em diante

Nos dias atuais, várias áreas têm se unido em prol de desenvolverem atividades e mecanismos que possam não comente retardar o envelhecimento, mas dar condições para que a pessoa se mantenha mais ativa por mais tempo e isso tem trazido excelentes resultados na vida das pessoas que ingressam na terceira idade.

Acompanhe nossos textos. Buscamos sempre trazer informações sobre temas que auxiliam o dia-a-dia do idoso.

Nossos parceiros da LifeStars Cuidadores estão sempre em constate estudo e aperfeiçoamento para compreender a demanda dessa nova geração de idosos, possibilitando um serviço que agregue mais qualidade de vida a todos.

A LifeStars Cuidadores é uma empresa de prestação de serviços de cuidadores em São Paulo. Oferecemos uma contratação segura por conta do nosso expertise em hotelaria e rigoroso processo de seleção de 7 etapas, além de uma grande variedade de serviços para seu familiar, incluindo Concierge para Idosos, estimulação da memória, reabilitação pós cirúrgica, cuidados pessoais, companhia, assistência com mobilidade, acompanhamento para atividades externas, ajuda com a medicação, preparo de refeições, ajuda para banho e vestimentas e assistência 24h.