11
Mai

Certamente essa é uma das coisas mais difíceis que existe: viver com dor.

Convivemos com diferentes tipos de dor durante toda nossa vida.
Apesar disso é muito difícil medir a dor – a intensidade e resistência varia de pessoa para pessoa.

Ainda assim muitos estudos avançam para o entendimento maior dessa circunstância comum mas complicada.

Um dos tipos de dor sob estudo é a Síndrome da Dor Complexa Regional.

Também conhecida como distrofia simpático-reflexa, a síndrome da dor complexa regional é uma condição que causa dor forte e que não alivia com o tempo.

Os médicos dividem em 2 modalidades:
SDCR tipo I: ocorre após uma lesão no membro, como uma fratura ou torção sem lesão do nervo.

SDCR tipo II: ocorre após a lesão de um nervo no membro afetado.

A denominação é recente (1994) e aconteceu no Consenso da Associação Internacional para o Estudo da Dor (AIED).

Casos em IDOSOS

Os casos em idosos é uma ocorrência pouco comum, embora em crescente incidência.

Tem caraterísticas de Dor Crônica – persiste mesmo depois da resolução do tecido afetado – e de Dor Aguda – lancinante, imediatamente posterior a um trauma, por exemplo.

Essas especificidades incomuns fazem da SDCR uma das ocorrências mais estudadas e, talvez pouco entendidas no amplo espectro da dor.

Quando os sintomas – queimação, pontada, picada; local da lesão avermelhado ou azulado – ultrapassam 6 meses, o diagnóstico de Dor Crônica (no sentido clássico) é aceito.

O tratamento

Para o tratamento dessa síndrome, Fisioterapia e TO (Terapia Ocupacional) são indicados.
Acompanhamento psicológico também tem demonstrado eficácia, sempre lembrando que se trata de doença com perfil bastante personalizado.

Convivendo com o problema

Recomenda-se em qualquer idade, principalmente no caso de Idosos, vida ativa.

Evitar o sedentarismo ou, dependendo da idade do paciente, acompanhamento fisioterápico.

Alimentação saudável, balanceada e variada.
Controle rigoroso dos níveis de estresse.
Todos esses cuidados listados acima, importantes não somente para o tratamento da Síndrome da Dor Complexa Regional, fazem parte das práticas profissionais da LifeStars Cuidadores.

Conheça mais sobre nosso trabalho, entre em contato conosco!